segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

1_ A morte é para os abençoados

     Alguns acreditam em vida após a morte, outros em segunda chance, mas eu só acredito naquilo que eu mesmo presencio, é posso dizer que não foram poucas coisas.  A vida é apenas uma parte do nosso destino, é impossível compreender exatamente tudo que Deus faz, mas se pode sentir o que ocorre.  Logo entenderão o que quero dizer

LIBERTAÇÃO DA FAMILIA TAYLOR

General: Quero os meus melhores atiradores no alto do pico, leste do riacho, de olho na cabana, Dale fique de prontidão
Meu sangue fervia de emoção ao saber que estaria na missão, apesar de ter entrado na policia para salvar inocentes, eu sentia um estranho prazer ao derrubar um criminoso.
Então começamos tomando o norte da floresta tirando os vigias.
Homem um: Escutou alguma coisa nos arbustos?
Homem dois: Deve ter Sido um animal
Dale: Morram desgraçados! Cravando meus dedos sobre o gatilho, o barulho do disparo era como musica pra mim, eles eram dilacerados diante de mim
General: Chega Dale, já estão mortos se prepare no penhasco
Após uma subida um tanto difícil me coloquei em meu posto, sobre minha Sniper eu esperava naquela noite gelada o primeiro movimento na janela dos fundos da cabana.
Rádio: eles nos viram estão atirando! Esconda-se, esconda-se! O casal foi assassinado!
Uma fúria me tomou saber que vidas inocentes haviam sido tiradas por inescrupulosos como aqueles, eu simplesmente não podia perdoar, me levantei bruscamente ao ver o inimigo na porta do casebre, e então mirei nele
 Ao mesmo tempo o bandido tira uma submetralhadora e atira
BRUUMM!
A sensação era estranha, eu via a bala se aproximar, mas não conseguia ter reação, ela passava raspando sobre meu braço armado, até que tocou minha pele enquanto meu corpo era lançado suavemente para trás onde havia um penhasco, meus olhos avistavam o céu e já numa visão apagada eu percebia o sangue correr sobre minha roupa. Meus pulmões se enchiam de ar pronto pra exalá-los junto minha alma, esse deveria ser o que chamam de ultimo suspiro, mas não foi o que aconteceu...
Após alguns segundos de queda, meus olhos se fecharam e eu senti ser puxado por um forte vento, os abri vagarosamente e presenciem todas as mortes que havia realizado e todas as pessoas que eu havia salvado, eis que tudo para e como uma grande pedra sou lançado em um chão branco
PAFTTT!
Dale: Minha nossa!
Dois portões gigantes estão a minha frente, o deles com um homem com asas pretas e um rosto um tanto desfigurado, um grande sorriso aberto e intimidador, já no outro um homem de vestes brancas, asas da mesma cor e uma bíblia sobre as mãos
Homem: Não há o que decidir! Ele merece o inferno! ASSASSINO! HAHAHAH
Homem de branco: Devemos levar em conta suas boas ações meu caro, não tire conclusões precipitadas.
Dale: Mas o que está acontecendo!
Homem de preto: Sua morte chegou! É isso que tá acontecendo!
Então me dei conta que estava de frente com um anjo e um demônio
Anjo: Agora você será julgado! Terá a oportunidade de argumentar com ambos a sós!
Paredes surgem ao meu redor e agora estou numa sala sentado e separado ao demônio por uma mesa.
Demônio: Você sabe quem matou e também sabe o que fez! Assuma as responsabilidades e parta comigo para o inferno!!!
Eu não prestava atenção a suas palavras, não que quisesse ir para o inferno, nem tanto para o céu, o que eu realmente desejava era estar vivo. Nunca tive medo da morte, mas algo me dizia que ainda não era a hora, mas meus pensamentos foram interrompidos pela voz satírica do demônio
Demônio: Aquele anjo insuportável anda entre os humanos, faz o que bem quer e sempre tem o papai pra livrar suas peles! Sem eles tudo seria mais glorioso!
Dale: Quer dizer que eles andam na terra?
Demônio: Siim! Sim! Tanto eles quanto nós! Apesar de não sermos vivos e em alguns casos reconhecidos pelos humanos! Nós demônios precisamos da pocessão, enquanto eles simplesmente tomam formas humanas! Injusto! E ainda falam de justiça comigo!
Dale: E se eu pudesse matá-los para você? Eu poderia voltar à vida?
Demônio: HAHAHA, hora, hora é cada arrogante que bate as botas na Terra!HAHAH, Criança ingênua! Existem métodos de matar anjos! Mas isso é loucura!
Dale: Eu só quero voltar à vida! Não me preocupo do que vai acontecer! Apenas me dê à chance!
Demônio: Bom até posso fazer isso! Até por que você ainda não morreu na Terra! Seu corpo ainda respira! Eu lhe darei o dom de ver anjos e matá-los! Mas como preço sua alma pertencerá ao inferno quando chegar sua hora! E perderá outras coisas também! Hehe
Dale: Não me importo com os termos! Eu aceito!
Demônio: Você acaba de selar um pacto!
Uma parte de sua sombra se desprende e entra em minha boca, era algo sombrio e me congelou por alguns instantes, então a sala muda e surge o anjo a minha frente
Anjo: |Você salvou muitas vidas meu caro! Se mostrar seu arrependimento ainda poderá ver o reino dos céus!
 Aparentemente ele não sabia de meu acordo com o demônio, porém eu não pretendia manter meu acordo ao voltar à vida, então resolvi fletar com o anjo
Dale: O demônio me ofereu a vida se eu matasse os anjos que existem na Terra
Anjo: Blasfêmia! Deus não permitirá! Fez bem em me contar! Você negou a oferta certamente não é?
Dale: Sim! Mas ele disse que eu seria apenas mais um no exército de humanos que eles haviam formado...
Anjo: Isso não pode acontecer! Devo reportar ao meu pai!
Dale: Você não gostaria de terminar com os demônios?
Anjo: Isso seria um milagre! Deus não haveria, mas com que se preocupar, o mal seria exterminado! Mas não acho que esse dia chegaria. Meu pai é misericordioso e ainda tem amor por seus filhos banidos...
Dale: Se me der o poder para matá-los eu farei! Sei que isso poderá ser perigoso para você, mas Deus há de entender sua intenção
Anjo: Eu não posso, ou melhor, não devo! Isso é contra as regras!
Dale: eu farei algo pelo bem de todos apenas me de a chance!
Anjo: Eu não sei realmente é o certo, mas eu preciso arriscar, estou confiando minha santidade a você meu jovem, não traia minha confiança, agora você tem uma promessa com o Divino!
Uma de suas penas é cravada sobre minhas costas e uma luz cerca meu corpo, a sala desaparece e agora sou lançado com força em um túnel, meu corpo vai se rompendo no caminho até que minha existência ali desaparece
...
Meus olhos se abrem, e estou mergulhado na água gelada, me recomponho e finalmente alcança a superfície
Dale: ahhhhhh! AR! AR! AR!
Após alguns segundos nadando chego à praia, e ao me levantar dou conta do que acabo de fazer
Dale: Meu DEUS!
Uma asa branca e uma negra se abrem as minhas costas, e salmos e palavras da bíblia espalhadas por todo meu corpo como costurada a punho, e no peito uma imensa cruz negra
Bolas do fogo caem do céu e a terra se abre a minha frente. Dezenas de anjos e demônios surgem a minha frente
Coro: Então é esse que volta do reino dos mortos?
A ação do anjo e do demônio havia quebrado um equilíbrio, e a ira de Deus estava para começar

Continua...

4 comentários:

  1. Seguintooo
    hohohoho *o*
    Eaê deu certoo, voltoo era so atulizar umas coisas ¬¬
    Emfim, vo lê ;D
    Inner: ta comentando e ainda nem leuu?? O-0'
    Sabe como é né^^'

    ResponderExcluir